inflação dos aplimentos causa impacto na cesta basica
Empresas

Entenda como é calculado o valor da cesta básica no Brasil

A pandemia do novo coronavírus foi extremamente prejudicial para a economia de vários países do mundo, e no Brasil, ela acabou impactando também no preço dos alimentos e consequentemente no valor da cesta básica , resultado da inflação e da moeda mais desvalorizada perante o dólar.

De acordo com a Fundação Getúlio Vargas, apenas no período entre março e abril, houve um aumento em média de 1,86% sobre os principais itens que constituem a cesta básica.

Essa é uma péssima notícia, principalmente quando comparamos com o período de fevereiro a março, onde havia um cenário de deflação cerca de 0,06% nesses itens.

Então dê uma olhadinha em nosso artigo para entender melhor como é calculado o valor da cesta básica no Brasil e como a inflação e a crise a tornam essencial para os funcionários que dependem desses alimentos.

O cálculo da cesta básica

No Brasil, o órgão responsável pelo cálculo da cesta básica é o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, o Dieese. Esse também é o órgão que formulou a lista dos itens essenciais que compõe a cesta básica.

Para fazer o cálculo, em primeiro lugar eles escolhem alguns estabelecimentos de alta rotatividade, avaliando quais são as marcas mais procuradas pelos consumidores para estabelecer quais itens serão avaliados.

A partir daí, todos os meses o órgão anota o preço desses itens nas prateleiras para montar uma tabela. O próximo passo é calcular, de acordo com o salário mínimo, quantas horas um cidadão deve trabalhar para comprar uma cesta básica.

Assim, levando em conta que gastos com alimentação giram em torno de 35,71% das despesas de uma família, o valor da cesta básica é multiplicado por três para encontrar o valor do Salário Mínimo Necessário, ou seja, quanto realmente custa uma cesta básica.

Em fevereiro de 2020, o Salário Mínimo Necessário para a manutenção de uma família de quatro pessoas deveria equivaler a R$ 4.366,51. Com a alta da inflação, hoje esse valor deve estar ainda mais alto.

O papel das empresas na distribuição das cestas básicas

Agora que você entende como funciona o cálculo da cesta básica e o quanto ela realmente custa, é fundamental entender o papel das empresas que oferecem esse benefício aos seus funcionários, especialmente nesses tempos de crise e inflação alta.

As empresas, por exemplo, conseguem negociar diretamente com fornecedores, conseguindo preços muito mais acessíveis para os itens da cesta básica. Além disso, é possível personalizar a lista, nunca deixando de lado os itens essenciais, mas aproveitando promoções e itens sazonais.

Por fim, além de oferecer benefícios para os funcionários, as empresas que oferecem o benefício das cestas básicas também possuem abatimentos em impostos. Portanto, basta inclui-las no Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT).

Gostou das dicas? Clique aqui e conheça nosso blog. E não esqueça de assinar a newsletter, para que você não perca nenhuma das novas publicações.

Consulte os índices inflacionários aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *